Brinquedos Para Crianças Autistas: Conheça os Melhores

Está à procura de brinquedos para crianças autistas? Nós fizemos uma seleção deles com dicas incríveis. Confira.

O que deve ter um brinquedo que ajude especificamente uma criança que tem autismo? Os especialistas indicam: ele deve ajudar a desenvolver a comunicação, a interação e a imaginação dessa criança. Saiba mais agora.

Alguns brinquedos despertam mais o interesse das crianças autistas. (Foto: Divulgação)

O Que Têm de Especial os Brinquedos Para Crianças Autistas?

Os brinquedos têm como função ajudar no melhor desenvolvimento da criança autista. Há crianças com aprendizado atrasado, por exemplo, que precisam de um estímulo diferenciado para conseguirem se comunicar melhor.

Existe, ainda, aquelas que podem apresentar comportamento agressivo. Uma boa alternativa são os brinquedos que funcionam como aliviadores do estresse e da ansiedade.

A frustração de não conseguir realizar algo e a dificuldade no convívio diário com outras pessoas pode desencadear um instinto de autoproteção, e a criança se fecha em seu mundinho particular.

É por isso que acessórios que promovam a vontade de interação ajudam os autistas a se soltarem mais e se integrarem em brincadeiras e dinâmicas de grupo, por exemplo.

Dicas de Brinquedos Úteis

1 – Simples

Você acreditaria se disséssemos que uma caixa de papelão pode ser um bom brinquedo para lidar com o autismo? Pois é, é isso mesmo.

O objetivo é fazer com que a criança use a imaginação e a criatividade, se concentre naquilo que tem em mãos e tenha a liberdade para criar o que quiser.

Inclusive, menos é mais. Excesso de luzes, sons e botões para apertar acabam por fazer o efeito contrário. É muito estímulo desnecessário ao mesmo tempo.

Então objetos prestes a serem reciclados dão uma ótima brincadeira. Vale testar. Use garrafas plásticas ao invés das de vidro para a segurança de todos, sempre.

Os brinquedos para crianças autistas estimulam a liberdade de criação.
Brinquedos simples podem estimular a criatividade e a imaginação dos pequenos. (Foto: Divulgação)

2 – Tecnologia

Mas a tecnologia pode sim ajudar as crianças autistas. Há programas e jogos específicos que ajudam em um melhor aprendizado.

Além disso, áudios e vídeos produzidos por profissionais da área podem ser apresentados para as crianças, funcionando como um apoio nesse desenvolvimento da comunicação e interação.

Os tablets são uma boa opção, pois podem ser carregados para qualquer lugar. Toda hora é a hora ideal para estimular seu pequeno.

Aproveite um momento em que ele esteja relaxado e tranquilo para trabalhar com ele as brincadeiras. Como qualquer criança, aprenderá muito mais se a atividade for divertida e os pais estiverem junto.

3 – Bonecos

Bonecos e animais de pelúcia são mundialmente utilizados em brincadeiras com crianças. Até mesmo durante a fase escolar, eles são um grande suporte dos educadores infantis.

Nada mais justo do que recrutá-los mais uma vez, e desta eles devem ser amiguinhos das crianças autistas e ajudá-las a vencerem as barreiras do seu aprendizado.

Os bonecos podem ajudar a criança com autismo a superar as dificuldades. (Foto: Divulgação)

Os mascotes ajudam os pequenos a socializar melhor. Tudo o que for brincadeira lúdica proporciona prazer para eles e pode permitir que mais crianças brinquem juntas.

A interação se dará de uma forma mais natural, sem que o autista se sinta desconfortável ou ameaçado. Esse é o objetivo: que ele se sinta à vontade em um meio social. Que faça parte e interaja com ele.

Gostou das dicas de brinquedos para crianças autistas? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *